Liderança: como diferenciar um líder eficaz de um líder não eficaz

Por Alexandre Souza Tili 7 anos atrásNenhum comentário
Home  /  Sem categoria  /  Liderança: como diferenciar um líder eficaz de um líder não eficaz

Sempre que falamos em ambiente organizacional, temos que abordar, obrigatoriamente, a gestão do capital humano. E, na conjuntura atual, é fundamental que as empresas saibam valorizar e estimular os seus colaboradores.

No mercado de TI (Tecnologia da Informação), esta premissa ganha ainda maior valor. Os consultores muitas vezes trabalham fora do horário padrão e em projetos no cliente, o que pode resultar em um sentimento de não estarem integrados e envolvidos com a empresa a que realmente pertencem. É importante que estejam unidos em torno dos valores e da cultura da organização e 100% motivados. Para tal, a empresa deve estar atenta às suas necessidades e vontades, mostrando-lhes que são uma peça chave e essencial para o alcance dos objetivos definidos.

No entanto, liderar nos dias de hoje não é tarefa fácil. Estamos perante uma realidade bastante complexa e multifacetada que deve ser abordada com atenção às variáveis contingenciais como as diferentes configurações da empresa, o seu o ciclo de vida, as diferentes culturas existentes, etc.

Mas em que consiste a liderança? Qual a diferença entre liderança e gestão? Ao mesmo tempo, como poderemos distinguir os líderes dos não líderes e os líderes eficazes dos líderes ineficazes?

Liderança e Gestão

A liderança diz respeito à influência de relacionamento, a gestão ao relacionamento de autoridade; a liderança é realizada por líderes e seguidores, a gestão por gestores e subordinados; a liderança procura mudanças reais, a gestão procura produzir e vender produtos e/ou serviços.

Um líder eficaz é aquele que sabe ajudar os colaboradores a identificar as suas próprias necessidades e apoiá-los até à sua concretização. Exige um relacionamento onde se deve assegurar o capital humano e o conhecimento, ao mesmo tempo que se estabelecem metas e objetivos e motiva os colaboradores a alcançarem o objetivo definido.

Por outro lado, o gestor gere pelo movimento, em vez de gerir pela motivação, diz respeito ao controle em vez de se relacionar com o planejamento. Em sintonia com a filosofia empresarial, parte do pressuposto de que problemas técnicos exigem conhecimento, e problemas humanos exigem apenas bom senso.

Diferenças entre Líderes e Gestores

Líderes são os que dominam o contexto e gerentes os que se rendem a ele:

  • O gestor administra; o líder inova
  • O gestor mantém; o líder desenvolve
  • O gestor dá prioridade a sistemas e estruturas; o líder privilegia pessoas
  • O gestor depende do controle; o líder inspira confiança
  • O gestor tem uma visão de curto prato; o líder perspectiva de futuro
  • O gestor pergunta como e quando; o líder o que e por que
  • O gestor observa o que é possível; o líder tem os olhos no horizonte
  • O gestor aceita o status quo; o líder o desafia
  • O gestor faz as coisas bem, o líder faz a coisa certa
Liderança em TI

No contexto dinâmico em que estamos inseridos, apesar de ser comum a qualquer setor, o de TI exige maior dinamismo e proatividade, vontade de evoluir e inovar para antecipar, acompanhar e responder em tempo habil às novas tendências do mercado.

E para evitar a elevada rotatividade existente, é preciso líderes que desafiem o status quo, que criem visões de futuro e que sejam capazes de contagiar e comprometer os seus seguidores. Líderes que comunicam e atuam de forma persuasiva, íntegra e intuitiva. Precisamos de líderes que acrescentem significados que possam ser adquiridos e utilizados por todos; que levem as pessoas a agir com entusiasmo. Líderes dinâmicos e que se adaptem com facilidade a diferentes situações, contextos e seguidores.

Estes são os líderes eficazes que fazem a diferença e que se distinguem dos líderes não eficazes. São os líderes que dinamizam a mudança e a inovação. E são os líderes que, cada vez mais, precisamos à frente das organizações.

É o seu caso?

 

Gostou deste Artigo? Partilhe!

[social_share style=”bar” align=”horizontal” heading_align=”inline” facebook=”1″ twitter=”1″ google_plus=”1″ linkedin=”1″ pinterest=”1″ /]

 

Categoria:
  Sem categoria
este post foi compartilhado 0 vezes
 000
Sobre

 Alexandre Souza Tili

  (165 artigos)

Sócio e CEO da OUTMarketing Brasil, formado em Administração de Empresas com habilitação em Comércio Exterior e pós-graduado em Gestão Estratégica de Negócios e Marketing. Alexandre Tili tem desenvolvido sua carreira com foco em Marketing e Vendas, com experiência em diversos segmentos e empresas como Sebrae, GE e Prudential. Desde 2007, quando foi Head de Marketing e Comunicação da SoftwareONE Brasil, sua atuação está direcionada para o segmento de Tecnologia da Informação com foco no B2B.

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado